terça-feira, 17 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #63 — 1960: Os Últimos Dias do Tour



A 17 de Julho de 1960, corria-se a última etapa da Volta à França entre Troyes e Paris. Uma edição que consagrou o italiano Gastone Nencini, também conhecido como o Leone del Mugello, no topo da classificação geral, e marcada pelo fatal acidente que envolveu Roger Rivière, apontado como favorito à vitória pela comunicação social da altura, numa queda de 20 metros durante a descida do Monte Aigoual.

Dos arquivos da Les Actualités françaises, recorda-se o sofrimento dos ciclistas no arriscado percurso pelos Alpes, o acidente de Roger Rivière, que no momento da produção deste newsreel ainda lutava pela vida, e a chegada triunfante do pelotão ao Parque dos Príncipes.



[Fonte: Les Actualités françaises / INA].
[Imagem: L'Équipe].

Charles Chaplin e A Nova Vida de THE PROFESSOR



Considerado como "o maior mistério do catálogo Chaplin", THE PROFESSOR conhece finalmente a luz do dia, graças a uma vasta pesquisa historiográfica nos arquivos de Charles Chaplin e ao trabalho de restauro da Cineteca di Bologna.



Entre os motivos que impediram a estreia comercial de THE PROFESSOR, e respectiva inclusão na filmografia oficial de Chaplin, salienta-se uma série de "desavenças comerciais" entre o actor e a First National, a produtora de títulos como VIDA DE CÃO (1918), O GAROTO DE CHARLOT e, sobretudo, O PEREGRINO (1923), que seria o último filme realizado por Chaplin para aquela chancela.

Apesar de o seu argumento ser basicamente constituído por cenas não utilizadas de outros filmes, tal não impede que THE PROFESSOR seja mais um revelador objecto do génio de Charles Chaplin, do seu timing cómico perfeito, do absoluto controlo da arte da pantomima e da sua audácia, na sequência final, em lançar uma pequena farpa à própria indústria do Cinema.

[Fonte e Imagem: charliechaplin.com].

segunda-feira, 16 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #62 — A Profética Fantasia de Walter R. Booth



O nome de Walter R. Booth pode não ser presença habitual nos livros de História, mas a sua obra — da qual, felizmente, muito sobreviveu até aos nossos dias — só encontra paralelo com a filmografia de Georges Méliès no estatuto de principal impulsionador do Cinema fantástico e de ficção-científica. À semelhança de Méliès, Booth foi um mestre na manipulação da câmara e da montagem, produzindo pequenas obras-primas como UNDRESSING EXTRAORDINARY ou THE '?' MOTORIST.

No Arquivo de hoje, é tempo de constatar como a fantasia consegue ser quase presciente. THE AIRSHIP DESTROYER, produzido em 1909 e actualmente preservado pelo British Film Institute (BFI), imagina um futuro bélico, repleto de bombardeiros e protótipos de mísseis de cruzeiro, que viria a revelar-se muito próximo da realidade com o advento da Primeira Guerra Mundial.



[Fonte: BFI / Kathleen Hale].
[Imagem: Scifist].

domingo, 15 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #61 — "O Nosso Homem da Volta à França"



A 15 de Julho de 1979, Joaquim Agostinho vence a 17ª etapa da Volta à França, tornando-se, simultaneamente, no primeiro (e, até hoje, o único) português a sair vitorioso da mítica subida ao Alpe d'Huez. Com esse feito, Agostinho alcançaria o terceiro lugar da classificação geral do Tour, de onde não descolaria até ao final daquela edição.

Dos arquivos da RTP, podemos recordar o momento em que Joaquim Agostinho cruzou a meta no Alpe d'Huez, numa série de imagens acompanhadas pelo optimismo patriota na voz do locutor e onde se constata o talento do maior ciclista português de todos os tempos.



[Fonte: Arquivos RTP].
[Imagem: CorVos / PezCycling / montefigo].

sábado, 14 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #60 — O Centenário de Ingmar Bergman



Se fosse vivo, Ingmar Bergman completaria hoje 100 anos. Cineasta influente como poucos, a visualização de títulos como O SÉTIMO SELO, A FONTE DA VIRGEM e PERSONA tornaram-se imprescindíveis para a compreensão da Sétima Arte.

Graças aos arquivos do Svenska Filminstitutet, podemos hoje recordar a obra de Ingmar Bergman pelas suas próprias palavras. Nesta entrevista, concedida a propósito das filmagens de O AMANTE, o realizador explana métodos de concepção do argumento, la beauté du geste do trabalho de actor e o fascínio de quando a película era capaz de registar "aquele momento absolutamente irracional, misterioso e inesperado".



[Fonte: Svenska Filminstitutet / Internet Archive].
[Imagem: Cinephilia & Beyond].

sexta-feira, 13 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #59 — The Sinking of the Lusitania



Em 2018, assinalam-se os cem anos de THE SINKING OF THE LUSITANIA. Avaliado como um dos primeiros documentários de animação da História do Cinema, esta curta-metragem impressiona, para o espectador contemporâneo, pela combinação entre os elementos propagandísticos de uma tragédia da qual não existem registos filmados, e o realismo dramático de imagens produzidas em 1918.

Seleccionado para preservação em 2017 pelo National Film Registry, THE SINKING OF THE LUSITANIA é mais um atestado do talento de Winsor McKay (o mesmo autor de GERTIE THE DINOSAUR), onde se destaca a precisão de sequências como o pânico dos naufragados do Lusitania numa obra proveniente dos primórdios do cinema de animação.



[Fonte: National Film Registry].
[Imagem: YouTube].

quarta-feira, 11 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #58 — O Tour em "Glorioso" 16mm



Regressamos a 1953, e ao Tour du Cinquantenaire da Volta à França, através deste pequeno excerto de um filme caseiro, de autor desconhecido, e que regista a passagem do pelotão no Nordeste de França.

Não obstante a sua breve duração, eis um clip profícuo em detalhe, onde a atmosfera da Volta à França, nos anos 50, é plenamente visível. Para além dos próprios ciclistas, ficam as imagens de autênticos carros alegóricos, das perigosas condições de trabalho dos assistentes de corrida, dos patrocínios (La Redoute, Martini...) e, até, de um magnífico sidecar de apoio.



[Fontes: Sticky Bottle / Trigger BV / Julia Klaver].
[Imagem: Sticky Bottle].

terça-feira, 10 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #57 — "The Fastest Around the World"



A 10 de Julho de 1938, Howard Hughes inicia uma viagem à volta do mundo a bordo de um Lockheed 14 Super Electra, percorrendo o globo em 3 dias, 19 horas e 17 minutos, batendo assim uma marca estabelecida por Wiley Post em 1933.

Do arquivo histórico da British Pathé, um curto newsreel assinala a escala de Hughes em Paris, num empreendimento que contribuiu, indelevelmente, para a constituição das viagens aéreas de longo curso como opção segura e tecnologicamente viável.



[Fontes: British Pathé].
[Imagem: Catawiki].

segunda-feira, 9 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #56 — "Le Tour du Cinquantenaire"



A 9 de Julho de 1953, estavam há muito abertas as "hostilidades" da 40ª Volta à França, uma edição que ficaria para a História como o Tour du Cinquantenaire, ou seja, o assinalar de cinquenta anos desde a criação da mais prestigiada prova do ciclismo profissional.

Dos arquivos da Les Actualités françaises, recordamos a primeira etapa do Tour du Cinquantenaire, 195km entre Estrasburgo e Metz, com os apropriados destaques para os principais favoritos à camisola amarela: os franceses Louison Bobet (que viria a sagrar-se campeão em 1953) e Raphaël Géminiani, o italiano Gino Bartali, os suíços Hugo Koblet e Fritz Schär e o belga Raymond Impanis.

[Fontes: Les Actualités françaises / INA].
[Imagem: Dutch National Archives].

domingo, 8 de julho de 2018

O Arquivo do Dia #55 — O U2 de Francis Gary Powers



A 8 de Julho de 1960, o piloto norte-americano Francis Gary Powers é condenado, em Moscovo, a pena de prisão por espionagem, após o seu Lockheed U-2 ter sido abatido pela artilharia soviética, em Sverdlovsk. Dois anos depois, Powers seria libertado no seguimento de um acordo, entre os Estados Unidos e a União Soviética, envolvendo a troca de prisioneiros políticos e que teve lugar em 1962 na ponte Glienicke, em Berlim. Este acontecimento serviria de base ao argumento de BRIDGE OF SPIES, realizado por Steven Spielberg.

Nos arquivos da Associated Press, é possível encontrar este breve conjunto de raw footage, detalhando o ambiente em redor e no interior do tribunal onde Francis Gary Powers se tornou, inadvertidamente, protagonista e vítima da Guerra Fria nos anos 60.



[Fontes: Associated Press / British Movietone].
[Imagem: Getty Images / BBC].